A EDUCAÇÃO LIBERTADORA EM UMA UNIDADE SOCIOEDUCATIVA DE MATO GROSSO

Autores

  • Dagoberto Rosa de Jesus dagorj1@gmail.com
    Casa
  • Tayza Codina de Souza Medeiros Guedes tayza.souza@pdl.ifmt.edu.br
    IFMT

DOI:

10.47270/RA.2596-2671.2021.v3.n6.id1120

Palavras-chave:

Educação, socioeducativo, liberdade

Resumo

O artigo tem por objeto de estudo a preocupação da educação no sistema socioeducativo que assiste a adolescentes privados de liberdade e a projeção de uma educação libertadora nesse espaço. A construção do Plano Estratégico de Educação (PEE) nas unidades prisionais do estado de Mato Grosso proporcionou a reflexão da escolarização formal e a educação profissional. Nesse ínterim, o objetivo da pesquisa é avaliar como as atividades culturais, a abordagem social e psicológica, as práticas esportivas, a assistência religiosa e todas as demais atividades dirigidas aos adolescentes devem ter propósito de desenvolver seu potencial para ser e conviver. Diante disso, a escola “Meninos do Futuro” propõe-se fazer parte desta luta, e instrumentalizando seus alunos para que consigam reconhecer seus direitos e a necessidade de reivindicá-los. Dessa maneira, possibilita ludicidade no espaço escolar e dentro do centro socioeducativo, projetando uma educação libertadora. Como instrumento metodológico, o artigo apoiou-se nos teóricos: VYGOTSKY (1999), FREIRE (1995) e SOARES (2000).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BRASIL, Código de Menores. Lei n. 6697/79. 2 ed. Brasília: Senado Federal/Sub-Secretaria de Edições Técnicas, 1984.

BRASIL, Estatuto da Criança e do Adolescente. Lei 8069/90. Brasília: Congresso Nacional, 1990.

DELORS, Jacques e outros. Relatório para a UNESCO, da Comissão Internacional.

COSTA, Antonio Carlos Gomes da. Protagonismo juvenil: adolescência, educação e participação democrática. Salvador, Fundação Odebrecht, 2000.

COSTA, Antonio Carlos Gomes da. As bases éticas da ação Socioeducativa. Brasília: Secretaria Especial dos Direitos Humanos, 2006.

DEMO, Pedro. Política social, educação e cidadania. Campinas: Papirus. 1994. Editora Adônis, 2005.

FREIRE, Paulo. A educação na cidade. São Paulo: Cortez, 1995.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 17. ed. Editora. Paz e Terra. Rio de janeiro, 1987.

GOLEMAN, D. Inteligência Emocional. São Paulo: Saraiva, 1997.

MANGUEL, Alberto. Uma história da leitura. Companhia das Letras. São Paulo 1997.

SOARES, Magda. Letramento: um tema em três gêmeos. 2. Ed. Belo Horizonte: autêntica, 2000.

VYGOTSKY, L, S. A formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes 1999.

Publicado

2021-06-30
Métricas
  • Visualizações 31
  • PDF downloads: 17

Como Citar

ROSA DE JESUS, D.; GUEDES, T. C. de S. M. . A EDUCAÇÃO LIBERTADORA EM UMA UNIDADE SOCIOEDUCATIVA DE MATO GROSSO. Revista AlembrA, [S. l.], v. 3, n. 6, p. 88 - 101, 2021. DOI: 10.47270/RA.2596-2671.2021.v3.n6.id1120. Disponível em: http://periodicos.cfs.ifmt.edu.br/periodicos/index.php/alembra/article/view/1120. Acesso em: 21 out. 2021.