“COMO NÃO ADIANTAR O FIM DO MUNDO”: EDUCAÇÃO EM TEMPOS DE PANDEMIA

Autores

  • Samira dos Santos Ramos samira.ramos@pdl.ifmt.edu.br
    IFMT
  • Fabiana Pomin fabiana.pomin@pdl.ifmt.edu.br
    IFMT
  • Lilian Machado Marques Vidal lilian.marques@pdl.ifmt.edu.br
    IFMT
  • Willians Ribeiro Mendes willians.mendes@pdl.ifmt.edu.br
    IFMT

DOI:

10.47270/RA.2596-2671.2020.v2.n5.id974

Palavras-chave:

Interdisciplinaridade; metodologia baseado em projetos; ensino remoto; educação profissional.

Resumo

O projeto integrador Como não adiantar o fim do mundo propôs ações interdisciplinares durante a implementação do Regime de Exercício Domiciliar no IFMT, Campus Primavera do Leste (PDL), em resposta à crise provocada pela Pandemia da Covid-19 no ano de 2020. Para tanto, os docentes de distintas disciplinas presentes no currículo dos cursos de Ensino Médio Integrado ao Técnico propuseram como temática o estudo das relações homem-natureza com intenção de possibilitar o diálogo sobre a importância do conhecimento científico de todas as áreas do conhecimento para prolongar a vida humana em nosso planeta através  da compreensão da complexidade das representações do ser humano como indivíduo, ser social e ser natural; da finitude dos recursos naturais e da importância do desenvolvimento científico na resolução de problemas de forma ética. Este relato de experiência tem como objetivo refletir sobre a práxis, bem como os limites sucessos do projeto, comparando-os com a análise das respostas dos alunos sobre a satisfação quanto à participação do projeto e suas impressões finais, coletadas através de um formulário composto por duas questões em escala Likert e um campo para comentários. Considera-se que apesar dos limites impostos pelo ensino remoto, o projeto teve avaliação majoritariamente positiva entre os estudantes nas questões de escala de avaliação. Nos comentários foi possível documentar as principais dificuldades e mapear parte das avaliações negativas. Como resultado parcial, observou-se que os principais desafios estiveram ligados às representações tradicionais de ensino, avaliação e conteúdo, ao gerenciamento do tempo e a falta de experiência dos estudantes com as metodologias interdisciplinares.    

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALVES, Lynn. Educação remota: entre a ilusão e a realidade. Interfaces Científicas, v. 8, n. 3, p. 348-365, 2020.

ALVES, Lynn; MOREIRA, Antônio. (Orgs.) Tecnologias & aprendizagens: delineando novos espaços de interação. Salvador: Edufba, 2017.

ANASTASI, Anne. Testes psicológicos. São Paulo: EPU/EDUSP; 1977.

ARAÚJO, Ulisses Ferreira de. Temas transversais, pedagogia de projetos e as mudanças na educação [recurso eletrônico]. São Paulo: Summus, 2014.

MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Técnicas de pesquisa: planejamento e execução de pesquisas, amostragens e técnicas de pesquisa, elaboração, análise e interpretação de dados. 7ª edição. São Paulo, SP: Atlas, 2008.

MÉDICI, Mônica Strege; TATTO, Everson Rodrigo; LEÃO, Marcelo Franco. Percepções de estudantes do Ensino Médio das redes pública e privada sobre atividades remotas ofertadas em tempos de pandemia do coronavírus. Thema, v. 18, n. especial, p. 136 – 155, 2020.

PAGANI, Geovane Santos. Nº alunos matriculados ensino médio. Mensagem recebida por em 06 out 2020. Disponível em: https://mail.google.com/mail/u/0?ik=8dcaa29d4d&view=pt&search=all&permmsgid=msg-f%3A1679812966980588466&simpl=msg-f%3A1679812966980588466. Acesso em 06 out 2020.

POMIN, Fabiana. Ginástica. Curitiba: Intersaberes, 2020.

PRENSKY, Marc. Digital natives, digital immigrants part 1. On the horizon, v. 9, n. 5, p. 1-6, 2001. Disponível em: https://www.marcprensky.com/writing/Prensky%20-%20Digital%20Natives,%20Digital%20Immigrants%20-%20Part1.pdf. Acesso em 05 out. 2020.

RAMOS, Samira dos Santos et al. Projeto integrador Como não adiantar o fim do mundo. Plano de Ensino Interdisciplinar enviado ao Instituto Federal de Mato Grosso – campus Primavera do Leste. Primavera do Leste: IFMT, 2020.

SILVA, Antônio Jansen Ferandes da; et al. A adesão dos alunos às atividades remotas durante a pandemia: realidades da Educação Física Escolar. Corpoconsciência, v. 24, n. 2, p. 57-70, 2020.

ZAJAC, Danilo. Educação remota na Educação Básica e COVID-19: um agravo ao direito à educação e outros impasses. Disponível em: < http://proec.ufabc.edu.br/epufabc/ensino-remoto-na-educacao-basica>. Acesso em 05 out. 2020.

Publicado

2021-01-13
Métricas
  • Visualizações 362
  • PDF downloads: 118

Como Citar

DOS SANTOS RAMOS, S. .; POMIN, F.; MACHADO MARQUES VIDAL, L.; RIBEIRO MENDES, W. . “COMO NÃO ADIANTAR O FIM DO MUNDO”: EDUCAÇÃO EM TEMPOS DE PANDEMIA. Revista AlembrA, [S. l.], v. 2, n. 5, p. 52-69, 2021. DOI: 10.47270/RA.2596-2671.2020.v2.n5.id974. Disponível em: http://periodicos.cfs.ifmt.edu.br/periodicos/index.php/alembra/article/view/974. Acesso em: 16 set. 2021.