PERCEPÇÕES DE FORMADORES DE PROFESSORES E SUAS RELAÇÕES COM O SABER NO CURSO DE LICENCIATURA EM QUÍMICA DO INSTITUTO FEDERAL DE GOIÁS
PDF

Palavras-chave

Teacher’s relations with knowledge
Teacher training
Pedagogical management
Matrix 3x3 Relações do professor com o saber
Formação de professores
Gestão pedagógica
Matriz 3x3

Como Citar

SANTOS, R. S. DOS; PASSOS, M. M.; ARRUDA, S. DE M. PERCEPÇÕES DE FORMADORES DE PROFESSORES E SUAS RELAÇÕES COM O SABER NO CURSO DE LICENCIATURA EM QUÍMICA DO INSTITUTO FEDERAL DE GOIÁS. Revista Prática Docente, v. 5, n. 2, p. 965-981, 31 ago. 2020.

Resumo

Neste artigo apresentamos os resultados de uma pesquisa, que teve como objeto de estudo as percepções de formadores de professores e suas relações com o saber. Dessa forma, o objetivo delineado foi o de identificar e analisar como eles elaboravam e constituíam suas relações com o saber. Esta investigação qualitativa se valeu do método indutivo para o cumprimento dos percursos metodológicos. A coleta dos dados foi realizada por meio de entrevistas semiestruturadas, ocorridas virtualmente de dezembro de 2016 a fevereiro de 2017. Foram entrevistados quatro professores do curso de Licenciatura em Química do Instituto Federal de Goiás (IFG). A análise dos dados foi realizada segundo os procedimentos da análise textual discursiva (ATD), utilizando e assumindo como instrumento analítico a Matriz 3x3 e o descritivo de suas células por categorias a priori. Os resultados obtidos revelam elementos sociais, pessoais e epistêmicos nas relações estabelecidas pelos professores pesquisados com o saber.
https://doi.org/10.23926/RPD.2526-2149.2020.v5.n2.p965-981.id679
PDF

Referências

ARRUDA, Sergio de Mello; LIMA, João Paulo Camargo; PASSOS, Marinez Meneghello. Um novo instrumento para a análise da ação do professor em sala de aula. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, [s. l.], v.11, n.2, p.139-160, 2011.

ARRUDA, Sergio de Mello; PASSOS, Marinez Meneghello. Da psicanálise ao ensino de ciências: o “desejo do docente” e o “professor como um lugar”. Revista Ciência & Educação, Bauru, v.18, n.1, p.69-80, 2012.

ARRUDA, Sergio de Mello; PASSOS, Marinez Meneghello. Instrumentos para a análise da relação com o saber em sala de aula. REPPE – Revista do Programa de Pós-Graduação em Ensino, Cornélio Procópio, v.1, n.2, p.95-115, 2017.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. 3. ed. Lisboa: Edições 70, 2004.

BOGDAN, Robert C.; BIKLEN, Sari Knopp. Investigações qualitativas em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Tradução Maria João Avarez, Sara Bahia dos Santos, Telmo M. Baptista. Portugal: Porto Editora, 1994.

CHARLOT, Bernard. Da relação com o saber: elementos para uma teoria. Tradução Bruno Magne. Porto Alegre: Artmed, 2000.

CHEVALLARD, Yves. La transposición didáctica: del saber sabio al saber enseñado. Buenos Aires: Aique Grupo Editor, 2005.

FIORENTINI, Dario; LORENZATO, Sérgio. Investigações em educação matemática: percursos teóricos e metodológicos. Campinas: Autores Associados, 2006.

GAUTHIER, Clermont; MARTINEAU, Stéphane; DESBIENS, Jean-François; MALO, Annie; SIMARD, Denis. Por uma Teoria da Pedagogia: pesquisas contemporâneas sobre o saber docente. 3. ed. Ijuí: Unijuí, 2013.

MORAES, Roque. Uma tempestade de luz: a compreensão possibilitada pela análise textual discursiva. Ciência & Educação, Bauru, v.9, n.2, p.191-211, 2003.

MORAES, Roque; GALIAZZI, Maria do Carmo. Análise Textual Discursiva: processo reconstrutivo de múltiplas faces. Ciência & Educação, Bauru, v.12, n.1, p.117-128, 2006.

SZYMANSKI, Heloisa; ALMEIDA, Laurinda Ramalho de; PRANDINI, Regina Célia Almeida Rego. A entrevista na pesquisa em educação: a prática reflexiva. Brasília: Liber Livro Editora, 2008.

TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. 3. ed. Petrópolis: Vozes, 2003.

TARDIF, Maurice; LESSARD, Claude. O trabalho docente: elementos para uma teoria da docência como profissão de interações humanas. 9. ed. Petrópolis: Vozes, 2014.

Creative Commons License

Este trabalho está licensiado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

Copyright (c) 2020 A Revista Prática Docente tem o direito de primeira publicação

Downloads

Não há dados estatísticos.