IMPRESSÕES DE ESTUDANTES SOBRE O TRABALHO COM RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS E TEMÁTICAS EM AULAS DE QUÍMICA
PDF

Palavras-chave

Thematic
Problem solving
Basic education Temáticas
Resolução de Problemas
Educação Básica

Como Citar

SILVA, ÉDILA R. ÁLVES DA .; GOI, M. E. J. IMPRESSÕES DE ESTUDANTES SOBRE O TRABALHO COM RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS E TEMÁTICAS EM AULAS DE QUÍMICA. Revista Prática Docente, v. 5, n. 2, p. 1057-1075, 31 ago. 2020.

Resumo

Este trabalho apresenta e discute os resultados obtidos a partir da implementação de uma proposta didática desenvolvida com estudantes do 3° Ano do Ensino Médio de uma escola da rede pública do Estado do Rio Grande do Sul, que objetivou identificar a possível influência da metodologia de Resolução de Problemas nos processos de ensino e de aprendizagem de conteúdos escolares, mediada pela temática “Drogas”. A escolha do assunto faz parte de um levantamento preliminar sobre temas com relevância social para serem tralhados no ambiente escolar. Os dados produzidos – respostas a questionários e produtos das sistematizações – foram analisados por meio da Escala de Likert. A partir desta pesquisa, evidenciou-se as potencialidades do uso da Resolução de Problemas a partir da temática proposta, tais como o desenvolvimento de habilidades cognitivas para elaboração de estratégias, reflexão crítica, exposição de argumentação, entre outras competências desenvolvidas pelos estudantes.
https://doi.org/10.23926/RPD.2526-2149.2020.v5.n2.p1057-1075.id718
PDF

Referências

ALEXANDRE, João Welliandre Carneiro; ANDRADE, Dalton Francisco de; VASCONCELOS, Alan Pereira de; ARAUJO, Ana Maria Souza da; BATISTA, Maria Jacqueline. Análise do número de categorias da escala de Likert aplicada à gestão pela qualidade total através da teoria da resposta ao item. In Atas do XXIII Encontro Nac. de Eng. de Produção (ENEGEP). Ouro Preto, MG, 2003.

AULER, Décio. Interações entre ciência-tecnologia-sociedade no contexto da formação de professores de ciências nos acervos da coleção e coletânea do Repositório Institucional da Universidade Federal de Santa Catarina/ SC. 2002. 258f. Tese de Doutorado (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC, 2002.

AULER, Décio. Alfabetização Cientifico-Tecnológica: Um novo “Paradigma”? Revista Ensaio - Pesquisa em Educação em Ciências, v. 5, n. 1, p. 68 – 83, 2003.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Ensino Médio. Homologada pela Portaria n° 1.570, publicada no D.O.U. de 21/12/2018, Seção 1, Pág. 146, 2018. Disponível em http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=85m121-bncc-ensino-medio&category_slug=abril-2018-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 23 jan. 2019.

BRASIL. Ministério da Educação, Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: Apresentação dos temas transversais, ética / Secretaria de Educação Fundamental. Brasília, 1997. 146 p. Disponível em http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/livro081.pdf. Acesso em 25 jan. 2019.

BRASIL. Ministério da Educação, Secretaria de Ensino Básico. Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Médio. Brasília, DF, 2000. 71 p. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/14_24.pdf. Acesso em: 15. fev. 2019.

BRUNER, Jerome. Sobre o Conhecimento: Ensaios de Mãos Esquerda. São Paulo. Phorte, 2008.

D’AMORE, Bruno. Elementos de didática da matemática. Tradução Maria Cristina Bonami. São Paulo: Editora e Livraria da Física, 2007. Tradução de Elementi di didática della matemática.

DELIZOICOV, Demétrio.; ANGOTTI, José André. Física. 2. ed. São Paulo: Cortez, 1992.

ECHEVERRÍA, María del Puy Pérez. A solução de problemas em matemática. In: POZO, J. I. (org.). A solução de problemas: aprender a resolver, resolver para aprender. Porto Alegre: ArtMed, p. 44-65, 1998.

ECHEVERRÍA, María del Puy Pérez.; POZO, Juan Ignácio (org.). Aprender a resolver problemas e resolver problemas para aprender. In: Pozo, J. I. (Ed.). A solução de problemas: aprender a resolver, resolver para aprender. Porto Alegre: Artmed, p. 13-42, 1998.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia. 25 ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2002.

FLICK, Uwe. Introdução à pesquisa qualitativa. Tradução de Joice Elias Costa. 3. ed. Porto Alegre: Artmed, 2009.

GIL, Antonio Carlos. Como Elaborar Projetos de Pesquisa. 6 ed. São Paulo, Atlas, 2017.

GOI, Mara Elisângela Jappe. Formação de Professores para o Desenvolvimento da Metodologia de Resolução de Problemas na Educação Básica. 2014. 267p. Tese (Doutorado em Educação - Faculdade de Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, 2014.

HALMENSCHLAGER, Karine Raquiel. Abordagem de Temas em Ciências da Natureza no Ensino Médio: Implicações na Prática e na Formação Docente. Florianópolis. UFSC. Tese (Doutorado em Educação Científica e Tecnológica). Universidade Federal de Santa Catarina, 2014, p. 1-373.

JUNIOR, Mauro de Souza Lima Prates; NETO, Jose Euzebio Simões. Situações-problema como estratégia Didática para o Ensino de Modelos Atômicos. Revista Brasileira Ensino de Ciências e Tecnologia. v. 8, n. 2, p. 181-201, 2015.

KONDER. Leandro. O Ensino de Ciências no Brasil: um breve resgate histórico. In: CHASSOT, Attico (org.). Ciência, ética e cultura na educação. São Leopoldo: UNISINOS, 1998, p. 32-76.

LAUDAN, Larry. El progreso y sus problemas: Hacia una teoria del crecimiento científico. Madrid: Encuentro Ediciones, 1986.

LEME, Maria Iisabel da Silva. Revisitando a crítica de Bruner: O desvio da proposta cognitivista nos estudos de Solução de Problemas. Revista Psicologia: Reflexão e Crítica, v. 14, n. 3, 2001.

LOPES, Bernardino Resolução de problemas em Física e Química. Lisboa: Texto Editora, 1994.

MEDEIROS, Denise da Rosa. Resolução de Problemas como proposta metodologia para o Ensino de Química. 2019. 148 p. Dissertação (Mestrado profissional em Ensino de Ciências) - Universidade Federal do Pampa, Caçapava do Sul, RS, 2019.

MENDONÇA, James Madson. A formulação e a Resolução de Problemas nos primeiros anos do Ensino Fundamental. 2017. 157 p. Dissertação (Educação em Ciências) – Universidade Federal de Uberlândia, MG, 2019.

ONUCHIC, Lourdes de La Rosa; ALLEVATO, Norma Suely Gomes; NOGUTI, Fabiane Cristina Höpner; JUSTULIN, Andresa Maria (Org.). Resolução de Problemas: Teoria e Prática. Jundiaí: Paco Editorial, 2014.

PÓLYA, George. O ensino por meios de problemas. RPM - SBM,1995.

POZO, Juan Ignácio (Org.). A solução de problemas: aprender a resolver, resolver para aprender. Porto Alegre: Artmed, 1998.

POZO, Juan Ignácio; CRESPO, Miguel Ángel Gómez. A Solução de Problemas nas Ciências da Natureza. In: POZO, Juan Ignácio.; CRESPO, Miguel Ángel Gómez. A Aprendizagem e o Ensino de Ciências: do conhecimento cotidiano ao conhecimento científico. 5 ed. Porto Alegre: Artmed, 2009.

PRAIA, João Felix. Contributo para uma leitura possível de um percurso profissional. In: CACHAPUZ, Antônio Franscisco.; CARVALHO, Ana Maria Pessoa.; PÉREZ, Daniel Gil (Org.). O Ensino de Ciências como compromisso científico e social: Os caminhos que percorremos. São Paulo: Cortez, 2012. p. 53-74.

SANTOS, Wildson Luiz. Pereira. Contextualização no ensino de ciências por meio de temas CTS em uma perspectiva crítica. Revista Ciência e Ensino, v. 01, número especial, 2007.

SANTOS, Wildson Luiz. Pereira; MORTIMER, Eduardo Fleury. Concepções de professores sobre Contextualização Social do Ensino de Química e Ciências. In Atas da XXII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química. Poços de Caldas, MG. Livro de Resumos. São Paulo: Sociedade Brasileira de Química, 1999a.

SANTOS, Wildson Luiz. Pereira; MORTIMER, Eduardo Fleury. A Dimensão Social do Ensino de Química – um estudo exploratório da visão dos professores. In Atas do II Encontro Nacional de Pesquisa e Educação em Ciências, Valinhos, 1999b.

SANTOS, Wildson Luiz. Pereira; MORTIMER, Eduardo Fleury. Uma análise de pressupostos teóricos da abordagem C-T-S (Ciência - Tecnologia – Sociedade) no contexto da educação brasileira. Revista Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências, v. 2, n. 2, p. 110-132, 2002.

SANTOS, Flávia Maria Teixeira.; GOI, Mara Elisângela Jappe. Resolução de problemas no ensino de química- fundamentos epistemológicos para o emprego da metodologia na Educação Básica. In Atas ENCONTRO NACIONAL DE ENSINO DE QUÍMICA, ENEQ, 16. e X ENCONTRO DE EDUCAÇÃO QUÍMICA DA BAHIA, EDUQUI, 10., 2012, Salvador, BA, Brasil. Anais eletrônicos [...]. Salvador, BA: Ufba, 2012. Disponível em: http://www.portalseer.ufba.br/ index.php/anaiseneq2012 e http://www.ufrgs.br/forprof-ciencias/editais/texto3.pdf. Acesso em: 15 nov. 2015.

SILVA, Erivanildo Lopes; MARCONDES, Maria Eunice Ribeiro. Contextualização no Ensino de Ciências: Significados e Epistemologia. In: SANTANA, Eliana; Erivanildo Lopes (Org.). Tópicos em Ensino de Química. São Carlos/SP: Pedro & João Editores, 2014. 252p.

SILVA, Édila Rosane Alves da. Articulação entre Resolução de Problemas e a temática drogas como proposta metodológica para o Ensino de Química. 2017. 36 p. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Ciências Exatas) – Universidade Federal do Pampa, Caçapava do Sul, RS, 2017.

SILVA, Édila Rosane Alves da; GOI, Mara Elisângela Jappe. Articulação entre Resolução de Problemas e a temática drogas como proposta metodológica para o Ensino de Química. Revista Contexto & Educação, v. 34, n. 107, p. 104-125, 2019 (a).

SILVA, Édila Rosane Alves da; GOI, Mara Elisângela Jappe. Articulação entre Resolução de Problemas e Temáticas no Ensino de Ciências: Uma análise em periódicos da área. Revista Vidya, v. 39, n. 1, 2019 (b).

SILVA, Édila Rosane Alves da. Intervenções teórico-práticas com licenciandos em química por meio de Problemas Temáticos. 2020. 306p. Dissertação (Mestrado em Educação em Ciências) – Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS, 2020.

Creative Commons License

Este trabalho está licensiado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

Copyright (c) 2020 A Revista Prática Docente tem o direito de primeira publicação

Downloads

Não há dados estatísticos.