MÉTODO DE RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS NO ENSINO MÉDIO: UMA PROPOSTA INTERDISCIPLINAR ABORDANDO O TEMA AGROTÓXICOS

Daniel das Chagas de Azevedo Ribeiro, Camila Greff Passos, Tania Denise Miskinis Salgado

Resumo


Resumo: Este artigo apresenta a análise de um experimento no qual se utilizou a metodologia de Resolução de Problemas (RP) no Ensino Médio. A pesquisa visa à averiguação das formas de contribuição da sequência didática efetuada para a aprendizagem de conteúdos conceituais, procedimentais e atitudinais pertinentes às questões ambientais que os Agrotóxicos podem ocasionar. A investigação teve como sujeitos 35 alunos do 3º ano do Ensino Médio de uma escola pública estadual da cidade de Porto Alegre/RS. Com o intuito de coletarmos os dados, foram utilizados o Diário de Campo dos pesquisadores, a produção escrita dos estudantes e a gravação do áudio da aula em que os educandos experienciaram a RP. A experiência realizada propiciou o incremento dos conteúdos conceituais, procedimentais e atitudinais relativos aos conhecimentos científicos abordados e aos problemas ambientais pertinentes aos Agrotóxicos.

Palavras-chave: Resolução de Problemas. Ensino Médio. Educação Ambiental. Agrotóxicos.

 

Abstract: This article presents the analysis of an experiment in which Problem Solving methodology (RP) was used in High School. The research aims to investigate the contribution of the didactic sequence carried out to the learning of conceptual, procedural and attitudinal contents pertinent to the environmental issues that Pesticides can cause. The investigation had as subjects 35 students of the 3rd year of high school in a state public school in the city of Porto Alegre / RS. In order to collect the data, we used researchers’ Field Diary, students’ written production and the audio recording of the class in which the students experienced RP. The study facilitated the development of conceptual, procedural and attitudinal contents related to scientific knowledge addressed and environmental problems related to Pesticides.

Keywords: Problem Solving. High School. Environmental Education; Pesticides.


Palavras-chave


Resolução de Problemas; Ensino Médio; Educação Ambiental; Agrotóxicos

Texto completo:

PDF

Referências


ANVISA apud RIBEIRO, D. C. A. Problemas Ambientais Causados por Agrotóxicos: Uma Proposta de Formação de Professores de Química Viabilizando a Metodologia da Resolução de Problemas. 2016, 134 f. Dissertação (Mestrado em Química) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2016.

BARDIN, L. Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2010. 281 p.

BRASIL. Congresso Nacional. Lei Federal nº 9.394. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília, 20 de dezembro de 1996.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria da Educação Média e Tecnológica. Parâmetros curriculares nacionais: ensino médio. Brasília: MEC/SEMTEC, 1999.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria da Educação Média e Tecnológica. PCN+ ensino médio, Ciências da Natureza, Matemática e suas tecnologias: Orientações educacionais complementares aos parâmetros curriculares nacionais. Brasília: MEC/SEMTEC, 2002.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria da Educação Básica. Orientações curriculares para o ensino médio. Volume 2. Brasília: MEC/SEB, 2006.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Resolução CEB nº 02, de 30 de janeiro de 2012. Define as Diretrizes Curriculares Nacionais para Ensino Médio.

CARDOSO, S. P; COLINVAUX, D. Explorando a Motivação para Estudar Química. Química Nova, São Paulo, v.23, n.3. p. 401-404, 2000.

CARVALHO, A.M.P.; GIL-PÉREZ, D. Formação de Professores de Ciências: tendências e inovações. São Paulo: Cortez, 2006. 120p.

CURY, A. J. Pais brilhantes, professores fascinantes. Rio de Janeiro: Sextante, 2003.

ECHEVERRÍA, M. P. P. e POZO, J. I. Aprender a resolver problemas e resolver problemas para aprender. Em: POZO, J. I. (Ed.). A solução de problemas: aprender a resolver, resolver para aprender (p. 13-42). Porto Alegre: Artmed. 1998.

GÓI, M. E. J.; SANTOS, F. M. T. S. Resolução de problemas e atividades práticas de laboratório: uma articulação possível. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 5., 2005, São Paulo. Atas... São Paulo: Bauru, 2005.

LIPMAN, M. O Pensar na Educação. Petrópolis: Vozes, 1995.

LÜDKE, M.; ANDRÉ, M. Pesquisa em Educação: Abordagens qualitativas. São Paulo: EPU, 1986.

NERY, A. L. P.; LIEGEL, R. M.; FERNANDEZ, C. Reações envolvendo íons em solução aquosa: uma abordagem problematizadora para a previsão e equacionamento de alguns tipos de reações inorgânicas. Química Nova na Escola, v. 23, p. 14-18, 2006.

POMBO, O. A interdisciplinaridade: conceito, problemas e perspectivas. In: POMBO, O.; LEVY, T.; GUIMARÃES, H. (org). A interdisciplinaridade: reflexão e experiência. Lisboa: Texto, 1994.

PORLÁN A. R.; MARTÍN, J. El diario del profesor: Un recurso para la investigación en el aula. 6 ed. Sevilla: Díada, 1998.

POZO, J. I.; CRESPO, M. Á. G. A solução de problemas em ciências da natureza. In: POZO, J. I. (org.) A solução de problemas. Porto Alegre: Artmed, 1998. p. 67-102.

RIBEIRO, D. C. A. et al. A metodologia da resolução de problemas: uma proposta para abordagem sobre agrotóxicos no ensino médio. In: I ENCONTRO REGIONAL DE ENSINO DE CIÊNCIAS, 2017, 1, Santa Maria. Anais... Santa Maria: UFSM, 2017a. p 79-84.

RIBEIRO, D. C. A. et al. A Temática Ambiental Agrotóxicos: A Metodologia da Resolução de Problemas na Educação de Jovens e Adultos. XI ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 11, 2017, Florianópolis. Atas... Florianópolis: UFSC, 2017b. p. 1-9.

RIBEIRO, D. C. A. et al. A metodologia da resolução de problemas: abordando a temática agrotóxicos no ensino fundamental. In: SIPEQ – V SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE PESQUISAS QUALITATIVAS, 5, 2018, Foz do Iguaçu, Atas... Foz do Iguaço: Unioeste, 2018a. p. 1-12.

RIBEIRO, D. C. A. et al. (aceito). A metodologia da resolução de problemas: uma proposta interdisciplinar sobre agrotóxicos na educação de jovens e adultos. Revista Linhas. (2018b).

SANTOS, W. L. P.; MÓL, G. S. (org). Projeto de Ensino de Química e Sociedade: Química cidadã. 2 ed. São Paulo: AJS. 2013.

SCRIVANO, C. N. et al. Ciências, transformação e cotidiano: Ciências da natureza e matemática ensino médio: Educação de Jovens e Adultos. 1 ed. São Paulo: Global, 2013.

SOARES, M. T. C.; PINTO, N. B. Metodologia da Resolução de Problemas. 33ª reunião Anual da Anped, GT 19. 2001.

YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 2ª Ed. Porto Alegre. Editora: Bookmam. 2001.

ZABALA, A. A prática educativa: como ensinar. 1 ed. Porto Alegre: Artmed, 1998. 224p.




DOI: http://dx.doi.org/10.23926/RPD.2526-2149.2018.v3.n2.p643-664.id265

Apontamentos

  • Não há apontamentos.