ENSINO DE LÍNGUAS PARA FINS ESPECÍFICOS NO IFAL: ANÁLISE DE NECESSIDADES DOS USOS DAS LÍNGUAS ESPANHOLA E INGLESA
PDF

Palavras-chave

Análise das necessidades
ensino de línguas para fins específicos
hotelaria. Needs analysis
Language teaching for specific purposes
Hospitality

Como Citar

SILVA, C. C. DA; FERRAZ, D. G. DOS S.; AGRA, C. B.; LIMA-DUARTE, F. K. ENSINO DE LÍNGUAS PARA FINS ESPECÍFICOS NO IFAL: ANÁLISE DE NECESSIDADES DOS USOS DAS LÍNGUAS ESPANHOLA E INGLESA. Revista Prática Docente, v. 5, n. 2, p. 743-763, 31 ago. 2020.

Resumo

Este trabalho teve como objetivo verificar as necessidades de usos das línguas espanhola e inglesa no curso Tecnológico em Hotelaria a partir das percepções de profissionais que atuam no ramo hoteleiro, turistas estrangeiros e estudantes. O referencial teórico está representado por estudos das áreas de ensino de línguas para fins específicos e análise de necessidades. A metodologia foi realizada em três etapas e utilizou-se questionários semiestruturados como instrumento de coleta e geração de dados. Os resultados demonstram que os funcionários dos hotéis não se sentem preparados para interagir verbalmente com os turistas estrangeiros, fato corroborado por esses turistas que apontam para a necessidade de os profissionais adquirirem o vocabulário básico da área. Além disso, percebemos também que os estudantes desconhecem suas necessidades em relação à aprendizagem dessas línguas. Como conclusão, observa-se a necessidade de ofertar formação aos profissionais que atuam nos hotéis e de reformular as ementas das duas disciplinas no curso de hotelaria.
https://doi.org/10.23926/RPD.2526-2149.2020.v5.n2.p743-763.id644
PDF

Referências

ABDALLA, Glória Cortés. Ensino de espanhol para o curso de secretariado executivo: análise de necessidades e desafios atuais. In SILVA JÚNIOR, Antonio Ferreira Da: Línguas para fins específicos: revisitando conceitos e práticas. Pontes Editores, Campinas, 2019. p. 117- 131.

BERWICK, Richard. Needs assessment in language programming: from theory to practice. In: JOHNSON, Robert Keith (ed.). The second Languade Curriculum. Cabridge University Press, 1989. p. 48-62.

CELANI, Maria Antonieta Alba. Revivendo a aventura: desafios, encontros e desencontros. In: CELANI, Maria Antonieta Alba; FREIRE, Maximina. M.; RAMOS, Rosinda de Castro Guerra. A Abordagem instrumental no Brasil: um projeto, seus percursos e seus desdobramentos. São Paulo: EDUC, 2009. p. 17-31.

DENZIN, Norman K; LINCOLN, Yvonna S. O planejamento da pesquisa qualitativa: teorias e abordagens. 2° ed. Porto Alegre: Artmed, 2006.

JOHNSON (ed.) The second language curriculum. Cambridge University Press.

HUTCHINSON, Tom.; WATERS Alan. English for Specific Purposes: a learning-centred approach. Cambridge: Cambridge University Press, 1987.

LIMA-DUARTE, Flávia Karolina; GOMES, Luiz Fernando. Interações multimodais em contexto intercultural: uso de tecnologia como recurso didático no processo de ensino-aprendizagem de língua espanhola para fins específicos. In. SILVA JÚNIOR, Antonio Ferreira Da. Línguas para fins específicos: revisando conceitos e práticas. Campinas, SP: Pontes Editores, 2019. p. 279-298.

RAMOS, Rosinda de Castro Guerra. Instrumental no Brasil: A desconstrução de mitos e a construção do futuro. In: FREIRE, Maximina. M, ABRAHÃO,Maria Helena Vieira. e BARCELOS, Ana Maria Ferreira. Linguística aplicada e contemporaneidade. São Paulo, SP: ALAB; Campinas: Pontes Editores, 2005.

RAMOS, Rosinda de Castro Guerra. A história instrumental na PUCSP. In. CELANI, Maria Antonieta Alba; RAMOS, Rosinda de Castro Guerra; FREIRE, Maximina M. A Abordagem Instrumental no Brasil: um projeto, seus percursos e seus desdobramentos. Campinas: Mercado das Letras; São Paulo: EDUC, 2009 Coleção- (As Faces da Linguística Aplicada) v. 10. 2009. p. 35- 45.

RAMOS, Rosinda de Castro Guerra. De instrumental a LinFe: Percursos e equívocos da área no Brasil. In. SILVA JÚNIOR, Antonio Ferreira Da. Línguas para fins específicos: revisando conceitos e práticas. Campinas, SP: Pontes Editores, 2019. p. 23- 41.

ROSSINI, Adriana Marroni Z.P; BELMONTE, Juliana. Panorama do ensino-aprendizagem de Línguas para Fins Específicos: Histórico, Mitos e Tendências. In. LIMA-LOPES, Rodrigo Esteves de. et al. Perspectivas em Línguas para Fins Específicos: Festschrift para Rosinda Ramos. Coleção: Novas Perspectivas em Linguística Aplicada, Vol 41. Campinas: Pontes Editores, 2015. p. 347-359.

SEDETUR (Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo). Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEDETUR), 2020. Disponível em http://www.sedetur.al.gov.br. Acesso em: 07 set. 2020.

SELINKER; Larry. The Interlanguage. In: IRAL, International Review of Applied Linguistics in Language Teaching, 10(3). 1972. p. 209-232.

SILVA JÚNIOR, Antonio Ferreira Da; CASTELLAR, Thays Moreira. Línguas estrangeiras no trabalho de profissionais de turismo em Nova Iguaçu- RJ. In. SILVA JÚNIOR, Antonio Ferreira Da. Línguas para fins específicos: revisando conceitos e práticas. Campinas, SP: Pontes Editores, 2019. p. 189- 210.

VIAN JUNIOR, Orlando. Inglês Instrumental, inglês para negócios e inglês instrumental para negócios. D.E.L.T.A., Vol. 15, N° Especial, 1999. p. 437-457.

VILAÇA, Márcio Luiz Corrêa. Para entender o ensino de inglês para fins específicos: Princípios, características e Ramos. In. SILVA JUNIOR, Antonio Ferreira Da. Línguas para fins específicos: revisando conceitos e práticas. Campinas, SP: Pontes Editores, 2019. p 57- 70.

Creative Commons License

Este trabalho está licensiado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

Copyright (c) 2020 Array

Downloads

Não há dados estatísticos.