APERFEIÇOAMENTO DO PROGRAMA DE MONITORIA DO INSTITUTO FEDERAL GOIANO - CAMPUS CERES POR MEIO DE HISTÓRIAS EM QUADRINHOS
PDF

Palavras-chave

Monitoria
Produto educacional
História em quadrinhos
Ensino-aprendizagem

Como Citar

SOUZA, C. M. DE; SOUZA, J. C. M. DE. APERFEIÇOAMENTO DO PROGRAMA DE MONITORIA DO INSTITUTO FEDERAL GOIANO - CAMPUS CERES POR MEIO DE HISTÓRIAS EM QUADRINHOS. Revista Prática Docente, v. 5, n. 1, p. 469-488, 1 maio 2020.

Resumo

Resumo: O objetivo do artigo é apresentar uma História em Quadrinhos (HQ) como ferramenta educacional de aperfeiçoamento do Programa de Monitoria do Instituto Federal Goiano - Campus Ceres. A monitoria como ferramenta pedagógica, na vida acadêmica dos alunos tem sido estudada e discutida como formação unitária, tornando-os sujeitos ativos e colaborativos no processo de ensino-aprendizagem. O uso da HQ dinamiza a apresentação de temas diversos e se torna eficaz ao focar no público-alvo do Programa de Monitoria. A pesquisa foi realizada entre os anos de 2018 e 2019, a partir de uma análise quantitativa e qualitativa dos dados obtidos por meio da aplicação de questionários e entrevistas aos alunos, professores e equipe pedagógica do Campus Ceres. Os resultados indicaram a relevância do Programa de Monitoria na dinamização do processo de ensino-aprendizagem e, consequentemente, sua contribuição para a permanência e o êxito escolar. Assim, elaborou-se a HQ intitulada “A Importância da Monitoria” visando chamar a atenção de professores e alunos para a participação no programa, destacando as possibilidades de desenvolvimento pessoal das partes envolvidas e atentando para os problemas que se apresentam no percurso. Esta HQ mostrou-se uma importante ferramenta pedagógica para a melhoria das monitorias do IF Goiano - Campus Ceres.Palavras-chave: Monitoria; Produto educacional; História em quadrinhos; Ensino-aprendizagem. Abstract: The objective of the article is to present a Comic Book (HQ) as an educational tool to improve the Monitoring Program of Federal Institute Goiano - Campus Ceres. The monitoring as a educational tool in the students's academic life, has been studied and discussed as unitary formation, making them active and colaborative subjects in the teaching-learning process. The use of HQ dynamize the presentation of many diversificate themes and become effective by focusing on the target audience of the Monitoring Program. The research was carried out between the years 2018 and 2109, based on a quantitative and qualitative analysis of the data obtained through the application of questionnaries and interviews to students, teachers and pedagogic staff of Campus Ceres. The results indicated the relevance of the Monitoring Program by the dynamization of the teaching-learning process and, consenquently, its contribution to the permanence and school success. Thus, the HQ entitled "The Importance of Monitoring" was elaborated seeking to call atention of teachers and students to participate in the monitoring program, highlighting the possibilities of personal development of students and paying attention to the problems that appearing through the way. This HQ showed to be an important pedagogic tool to the improvement of monitoring program of IF Goiano - Campus Ceres.Keywords: Monitoring; Educational product; Comics; Learning-teaching process.
https://doi.org/10.23926/RPD.2526-2149.2020.v5.n1.p469-488.id500
PDF

Referências

AMIEL, Tel. Recursos Educacionais Abertos: uma análise a partir do livro didático de história. Revista História Hoje. São Paulo, v.3, n.5, p. 189-205, 2014.

ANASTASIOU, Léa das Graças Camargo; ALVES, Leonir Pessate. Estratégias de ensinagem. In: ANASTASIOU, Léa das Graças Camargo; ALVES, Leonir Pessate (Org.). Processos de ensinagem na universidade: pressupostos para as estratégias de trabalho em aula. Joinville-SC: UNIVILLE, 2006. p. 67-100.

BRASIL. Capes. Documento de Área – Ensino. 2013 Disponível em: https://capes.gov.br/images/stories/download/avaliacaotrienal/Docs_de_area/Ensino_doc_area_e_comiss%C3%A3o_block.pdf . Acesso em: 24 mai. 2019.

BRASIL. Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) 2019-2023. Goiânia, GO: 2018. Instituto Federal Goiano. Disponível em: https://suap.ifgoiano.edu.br/media/documentos/arquivos/39_-_PDI_2019-2023_-_revisado_18-03-2019.pdf. Acesso: em 24 mai. 2019.

BRASIL. Resolução CNS nº 466, de 12 de dezembro de 2012. Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Saúde. Brasília/DF: 2012. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/cns/2013/res0466_12_12_2012.html. Acesso em: 23 mai. 2018.

BRASIL. Resolução CNS nº 510, de 07 de abril de 2016. Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Saúde. Brasília/DF: 2016. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/cns/2016/res0510_07_04_2016.html. Acesso em: 25 jun. 2019.

CAVALHEIRO, Patrícia da Silva. Monitoria como Estratégia Pedagógica para o Ensino de Ciências no Nível Fundamental. Dissertação (Mestrado em Educação em Ciências) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2008.

CIAVATTA, Maria. A formação integrada: a escola e o trabalho como lugares de memória e de identidade. In: FRIGOTTO, Gaudêncio; CIAVATTA, Maria; RAMOS, Marise. (Orgs.). Ensino Médio Integrado: concepção e contradições. 3. ed. São Paulo: Cortez, 2012. p. 83-106.

FRIGOTTO, Gaudêncio; CIAVATTA, Maria; RAMOS, Marise. A gênese do Decreto n.º 5.154/2004: um debate no contexto controverso da democracia restrita. In: FRIGOTTO, Gaudêncio; CIAVATTA, Maria; RAMOS, Marise (Org.). Ensino Médio Integrado: concepção e contradições. 3. ed. São Paulo: Cortez, 2012. p. 21-56.

FRISON, Lourdes Maria Bragagnolo; MORAES, Márcia Amaral Corrêa de. As práticas de monitoria como possibilitadoras dos processos de autorregulação das aprendizagens discentes. Revista Poíesis Pedagógica, Goiás: UFG, v. 8, n. 2, p. 144-158, ago./dez. 2010.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

HAAG, Guadalupe Scarparo; KOLLING, Vanessa; SILVA, Elisete; MELO, Silvana Cláudia Bastos; PINHEIRO, Monalisa. Contribuições da monitoria no processo ensino-aprendizagem em enfermagem. Revista Brasileira de Enfermagem. Brasília, p. 215–220, mar-abr, 2008. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reben/v61n2/a11v61n2.pdf. Acesso em: 10 out. 2017.

JESUS, Daniele Maria Oliveira de; MANCEBO, Rafael Cuba; PINTO, Fernando Igor Pinho; BARROS, Giovanni Victor Evangelista. Programas de monitorias: um estudo de caso em uma IFES. Revista Pensamento Contemporâneo em Administração. Rio de Janeiro, v. 6, n. 4, p. 61-68, out./dez. 2012. Disponível em: http://periodicos.uff.br/pca/article/view/11109. Acesso em: 17 out. 2017.

KAPLÚN, Gabriel. Material Educativo: a experiência de aprendizado. Comunicação & Educação. São Paulo, v. 27, p. 46-60, mai./ago. 2003.

KUENZER, Acácia Zeneida (Org.). Ensino Médio: construindo uma proposta para os que vivem do trabalho. 3. ed. São Paulo: Cortez, 2002.

LEITE, Priscila de Souza Chisté. Produtos educacionais em mestrados profissionais na área de ensino: uma proposta de avaliação coletiva de materiais educativos. In: Congresso Ibero-Americano em Investigação Qualitativa, 7, 2018, Fortaleza. Anais[...] Fortaleza: UNIFOR, 2018. Disponível em: https://proceedings.ciaiq.org/index.php/ciaiq2018/article/view/1656/1609. Acesso em: 12 dez. 2018.

MENDONÇA, Márcia Rodrigues de Souza. Um gênero quadro a quadro: a história em quadrinhos. In: DIONÍSIO, Angela Paiva; MACHADO, Anna Rachel; BEZERRA, Maria Auxiliadora (Org.). Gêneros Textuais e Ensino. 5. ed. Rio de Janeiro: Lucerna, 2007.

MOREIRA, Marco Antônio. O mestrado (profissional) em ensino. Revista Brasileira de Pós-Graduação. Brasília, n. 1, p. 131-142, 2004.

OLIVEIRA, Vânia Lúcia Bezerra. et al. Modelo explicativo popular e profissional das mensagens de cartazes utilizados nas campanhas de saúde. Texto Contexto Enfermagem. Florianópolis, v. 16 n. 2, p. 287-293, abr./jun. 2007. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0104-07072007000200011&script=sci_abstract&tlng=pt . Acesso em: 23 jul. 2019.

PACHECO, Eliezer (Org.). Institutos Federais: uma revolução na educação profissional e tecnológica. São Paulo: Editora Moderna, 2011. p. 05-12.

RAMOS, Marise Nogueira. Concepção do Ensino médio integrado. Disponível em: https://tecnicadmiwj.files.wordpress.com/2008/09/texto-concepcao-do-ensino-medio-integrado-marise-ramos1.pdf. Acesso em: 14 out. 2017.

REBOLHO, Marilia Christina Tenorio; CASAROTTO, Raquel Aparecida; JOÃO, Silvia Maria Amado. Estratégias para ensino de hábitos posturais em crianças: história em quadrinhos versus experiência prática. Fisioterapia e Pesquisa. São Paulo, v. 16, n. 1, p. 46- 51, jan./mar. 2009. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/fpusp/article/download/12124/13901/. Acesso em: 23 jul. 2019.

SOUSA, Maria do Carmo. Produtos educacionais de Matemática elaborados por professores da Educação Básica no âmbito do NIPEM. Disponível em: http://www.enrede.ufscar.br/participantes_arquivos/E3_Sousa_TA.pdf. Acesso em: 23 mai. 2019.

VERGUEIRO, Valdomiro. Como usar as histórias em quadrinhos na sala de aula. São Paulo: Contexto, 2004.

Downloads

Não há dados estatísticos.