A ABORDAGEM EPISTEMOLÓGICA DO FENÔMENO BULLYING NA PERSPECTIVA DE UM GRUPO DE PESQUISA
PDF

Palavras-chave

Pesquisa qualitativa
Cotidiano
Bullying
Ensino
Transversalidade.

Como Citar

SILVA, V. C. G.; FERNANDES, R. M.; OLIVEIRA, P. A. DE. A ABORDAGEM EPISTEMOLÓGICA DO FENÔMENO BULLYING NA PERSPECTIVA DE UM GRUPO DE PESQUISA. Revista Prática Docente, v. 5, n. 1, p. 489-501, 1 maio 2020.

Resumo

Resumo: O artigo é uma análise dos artigos científicos publicados pelo Grupo de Pesquisa em Humanidades e Sociedade Contemporânea do IFMT (GPHSC-IFMT), o recorte se deu entre os anos de 2016 e 2017, e analisou-se como as pesquisas realizadas pelo grupo de pesquisa inserem-se na propositura de múltiplas abordagens do bullying no cotidiano escolar (CERTEAU, 1994 e  MAFESOLI, 1995, 1998), através da temática da violação dos Direitos Humanos. Sendo uma pesquisa qualitativa de revisão bibliográfica dos artigos publicados pelo Grupo. Nos resultados percebe-se o entrecruzamento da multiplicidade de percepções dos sujeitos e do objeto de pesquisa configurando o corpus pesquisador dentro da concepção de transversalidade.Palavras-chave: Pesquisa qualitativa; Cotidiano; Bullying; Ensino. Abstract: The article is an analysis of the scientific articles published by the IFMT Research Group on Humanities and Contemporary Society (GPHSC-IFMT), the cutoff between 2016 and 2017, and analyzed how the research conducted by the research group They are part of the proposition of multiple approaches of bullying in daily school life (CERTEAU, 1994 and MAFESOLI, 1995, 1998), through the theme of violation of Human Rights. Being a qualitative  research of bibliographic review of the articles published by the Group. The results show the intersection of the multiplicity of perceptions of the subjects and the research object configuring the researcher corpus within the concept of transversality.Keywords: Qualitative research; Daily life; Bullying; Teaching.
https://doi.org/10.23926/RPD.2526-2149.2020.v5.n1.p489-501.id561
PDF

Referências

ANDRADE, Daniela. O Lugar do Feminino. Cuiabá/MT: EduUFMT/FAPEMAT, 2007.

AREND, Hannah. A Condição Humana. 10º ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2001.

BAUER, Martim; GASKELL, George. Pesquisa Qualitativa com texto, imagem e som – um manual prático. Editora Vozes: São Paulo, 2003.

BOGDAN, Robert. BIKLEN. Sari. Investigação qualitativa em educação. Porto: Porto Editora, 1994.

BRASIL. Presidência da República. Casa Civil. Subchefia para Assuntos Jurídicos. Lei nº 13.185, de 6 de novembro de 2015. Institui o Programa de Combate à Intimidação Sistemática (Bullying). Brasília: DOU, 9.11.2015. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2015/Lei/L13185.htm>. Acesso em: 02 set. 2018.

CERTEAU, Michel. A invenção do cotidiano: artes de fazer. Petrópolis: Vozes, 1994.

ELJACH, S. Violencia escolar en América Latina y el Caribe Superficie y fondo. República de Panamà: UNICEF, 2011.

FERNANDES, Raquel Martins. O Olhar, A Menina dos Olhos, Única e Total: compreensão fenomenológica do Programa Meninas dos Olhos de Deus e das dimensões da Exploração Sexual Comercial de Crianças e Adolescentes em interface com a educação. Orientador: Dr. Luiz Augusto Passos. Tese (doutorado) - Universidade Federal de Mato Grosso, Instituto de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, Cuiabá., 2012.

FERRAÇO, Carlos. Cotidiano escolar, formação de professores (as) e currículo. São Paulo: Cortez, 2005.

LEMOS, Anna. Uma visão psicopedagógica do bullying escolar. Rev. Psicopedagogia. 2007; 24(73): 6875

MAFFESOLI, Michel. A contemplação do mundo. Porto Alegre: Artes e ofícios Editora, 1995.

MAFFESOLI, Michel. Elogio da razão sensível. Trad. Albert Christophe Migueis Stuckenbruck. Petrópolis, RJ: Vozes, 1998.

MOTA, Raquel; SOUZA, Jair; OLIVEIRA, Paulo; NEIVA, Marcos; ALMEIDA, Rodney; FONSECA, Felicissimo (2017). Pesquisa qualitativa em Educação: estudos transdisciplinares do Grupo de Pesquisa Humanidades e Sociedade Contemporânea do IFMT (GPHSC-IFMT). INDAGATIO DIDACTICA. , v.9 (3), novembro 2017, p.79 - 98, 2017. Recuperado de http://revistas.ua.pt/index.php/ID/article/view/6056.

OLIVEIRA, Eliane. Imaginários de violências e conflitos na relação professor/aluno. (Dissertação de mestrado). Universidade Estadual do Oeste do Paraná – Unoeste, Cascavél, PR, Brasil, 2017.

OLIVEIRA, Inês B. Criação curricular, autoformação e formação continuada no cotidiano escolar. In.: Ferraço, Carlos Educardo (Org.). Cotidiano escolar, formação de professores(as) e currículo. São Paulo: Cortez, 2005.

SILVA, Vanessa Costa Gonçalves. Violência escolar, bullying e violação de direitos humanos no cotidiano escolar. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Ensino). Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Mato Grosso. Cuiabá, 2019.

ZABALA, Antoni. A prática educativa: como ensinar. Porto Alegre: Artmed, 1998.

Downloads

Não há dados estatísticos.