EDUCAÇÃO AMBIENTAL NOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL: ESTRATÉGIAS PARA SENSIBILIZAÇÃO DOS ALUNOS
PDF

Palavras-chave

Educação Ambiental. Alfabetização. Interdisciplinaridade. Sensibilização.

Como Citar

SANTOS, I. K. A. DOS; MORAES, A. J. B. DE. EDUCAÇÃO AMBIENTAL NOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL: ESTRATÉGIAS PARA SENSIBILIZAÇÃO DOS ALUNOS. Revista Prática Docente, v. 5, n. 1, p. 360-373, 1 maio 2020.

Resumo

Resumo: O objetivo deste trabalho é promover entre os alunos do 2º ano do ensino Fundamental I da EEIEF Aristides Floriano de Oliveira, no município de Acaraú do estado brasileiro do Ceará, uma sensibilização ambiental por meio de estratégias de forma interdisciplinar. Trata-se de um estudo de caso, no qual foram utilizadas metodologias de leitura e escrita em diferentes disciplinas com a temática ambiental, que estimulou a criticidade e a criatividade dos alunos. Com a conclusão das atividades, promoveu-se uma socialização junto a outras turmas da escola para que os alunos mostrassem suas produções em forma de mural. Os resultados mostraram que as atividades realizadas sensibilizaram os alunos para mudanças expressivas de comportamento em relação ao meio ambiente, auxiliando de forma significativa na alfabetização.Palavras-chave: Educação Ambiental. Alfabetização. Interdisciplinaridade. Sensibilização. Abstract: The objective of this work is to promote among the students of the 2nd year of Elementary Education I of EEIEF Aristides Floriano de Oliveira, in the municipality of Acaraú-CE, an environmental awareness through strategies in an interdisciplinary way. This is a case study, in which reading and writing methodologies were used in different subjects with an environmental theme, which stimulated the students' criticality and creativity. With the completion of the activities, socialization was promoted with other classes of the school so that students could show their productions in the form of a mural. The results showed that the activities carried out sensitized students to expressive changes in behavior in relation to the environment, helping significantly in literacy.Keywords: Environmental Education. Literacy. Interdisciplinarity. Awareness.
https://doi.org/10.23926/RPD.2526-2149.2020.v5.n1.p360-373.id626
PDF

Referências

COIMBRA, José de Avila Aguiar. O outro lado do meio ambiente. São Paulo, CETESB/ASCETESB, 1985.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: apresentação dos temas transversais (ética). Brasília: MEC/SEF, 1997.

EISENHARDT, Kathleen M. Building theories form case study research. Academy of Management Review. New York, New York, v. 14 n. 4. 1989. Disponível em: https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/4310941/mod_resource/content/1/1.Eisenhardt1989-BuildingTheoriesFromCSR.pdf. Acesso em: 15 abr. 2020.

FAZENDA, Ivani Catarina Arantes. Interdisciplinaridade: qual o sentido. São Paulo: Paulus, 2003.

FAZENDA, Ivani Catarina Arantes (org.). Práticas interdisciplinares na escola. São Paulo: Cortez, 1991.

IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Cidades 2016. Site do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Disponível em: http://www.cidades.ibge.gov.br/v3/cidades/municipio/2304657. Acesso em: 08 set. 2016.

MEDEIROS, Aurélia Barbosa et al. A Importância da educação ambiental na escola nas séries iniciais. Revista Faculdade Montes Belos, v. 4, n. 1, set. 2011.

MONTEIRO, Claudenice Brito. O livre canto do sabiá. Ilustrações de Mariza Angélica Brito. Fortaleza: SEDUC, 2013.

MOURA, Ana Carolina de Oliveira Salgueiro de. Sensibilização: diferentes olhares na busca dos significados. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em Educação Ambiental) - Universidade Federal do Rio Grande, 2004.

PELICIONI, Maria Cecília Focesi. Educação ambiental, qualidade de vida e sustentabilidade. Saúde e sociedade, São Paulo, v.7, n.2, p.19-31, 1998.

PONTUSCHKA, Nidia Nacib; PAGANELLI, Tomoko Iyda; CACETE, Núria Hanglei. Para Ensinar e Aprender Geografia. São Paulo: Ed. Cortez, 2007.

REIGOTA, Marcos. O que é Educação Ambiental. Coleção Primeiros passos. São Paulo: Brasiliense, 2009.

REIGOTA, Marcos. Desafios à educação ambiental escolar. In: JACOBI, P. et al. (orgs.). Educação, meio ambiente e cidadania: reflexões e experiências. São Paulo: SMA, 1998. p.43-50.

ROSA, Antônio Carlos Machado; BIANCO, Saul. Hortas Escolares: o ambiente horta escolar como espaço de aprendizagem no contexto do Ensino Fundamental. Programa Hortas Escolares. Florianópolis: Instituto Souza Cruz, 2004.

SAMPAIO, Rosa Maria Whitaker. Freinet: evolução histórica e atualidades. 2. ed. São Paulo: Scipione, 2007.

SILVA, Aline Cândida; MESQUITA, Glaucia Machado; SOUZA, Marcos Aurélio Pessoa. Educação ambiental como paradigma para a construção da sustentabilidade. Revista REGET, Santa Maria, v. 19, n.2, 2015.

TIRIBA, Léa ; PROFICE, Christiana Cabicieri . Crianças da Natureza: vivências, saberes e pertencimento. Educação e Realidade. Edição eletrônica , v. 44, p. 1, 2019. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2175-62362019000200408. Acesso em: 16 abr. 2020.

YIN, Robert .K. Case study research, design and methods (applied social research methods). Thousand Oaks. California: Sage Publications, 2009.

Downloads

Não há dados estatísticos.